Março 2018

por Nelson Rubens Kunze 01/03/2018

Prezado leitor,

De outubro de 1996 a setembro de 2009 – portanto, durante 13 anos –, o jornalista e crítico musical Lauro Machado Coelho escreveu uma coluna mensal na Revista CONCERTO, denominada despretensiosamente de “Repertório”. Em mais de 140 artigos, abarcando desde os grandes títulos operísticos a obras contemporâneas, Lauro nos apresentou, em linguagem fluente, clara e despojada, a criação musical dos grandes mestres. Não era apenas uma descrição musical, o que por si só já valeria. Não. Como também em sua vasta produção em livros, Lauro nos contava da criação das obras em seu contexto histórico e social. Foi um mestre! Por problemas de saúde, Lauro viu-se forçado a se afastar do trabalho em fins de 2009. E, em 1º de fevereiro passado, faleceu, aos 74 anos. Para nós, que com ele convivemos, fica a lembrança de sua gentileza e seu carinho, de sua imensa erudição. Para além disso, fica sua extraordinária obra, legado de um dos grandes intelectuais de nossa época. Na página 24 desta edição, o colega João Marcos Coelho analisa a importância do trabalho crítico de Lauro Machado Coelho.

Este número da Revista CONCERTO é o primeiro da temporada clássica de 2018. Ainda há nuvens no horizonte, é verdade, mas, a julgar pelas programações divulgadas, são boas as perspectivas de termos uma recuperação na atividade musical, ainda que tímida. Além das temporadas já divulgadas de Osesp, Orquestra Filarmônica de Minas Gerais, Cultura Artística, Mozarteum Brasileiro, Tucca, Opes e Dell’Arte, apresentamos nesta edição a programação anual do Theatro Municipal de São Paulo, do Theatro São Pedro, da Osusp, da Orquestra Jovem do Estado, da Sala Cecília Meireles, do Teatro Bradesco de Belo Horizonte e da Camerata Sesi de Vitória (página 10). Porém, todos os esforços de teatros, entidades promotoras, gestores, orquestras e músicos serão em vão, se não houver uma real disposição do poder público em apoiar, fomentar e patrocinar a atividade musical clássica. Nesse sentido, é auspicioso ver a nova gestão do Ministério da Cultura comprometida com a produção cultural, implementando, entre outras ações, importantes revisões na lei de incentivo à cultura.

No mês da mulher – que inspira diversos eventos da agenda musical –, dedicamos a matéria de capa da Revista CONCERTO à situação das mulheres na música. A jornalista Camila Frésca conversou com atuantes musicistas e pesquisadoras para saber em que ponto o Brasil se encontra no objetivo de oferecer oportunidades equânimes para as mulheres no que diz respeito ao trabalho profissional com música. Como conclui Camila, apesar dos vários avanços, ainda há muito pelo que lutar (página 26).

Para a seção Em Conversa, o editor executivo João Luiz Sampaio conversou com a carioca Marisa Rezende, uma das mais destacadas compositoras do Brasil (página 16). Marisa será homenageada no Festival de Música Contemporânea Brasileira, em Campinas.

Neste mês, o compositor Edino Krieger completa 90 anos. Figura fundamental da música clássica brasileira de nosso tempo – tanto como criador original quanto como competente administrador cultural –, Edino, que segue escrevendo música, será festejado, e sua obra, tocada em diversos eventos pelo Brasil. Na coluna Atrás da pauta, o maestro Júlio Medaglia presta homenagem a Edino Krieger (página 14).

Outro aniversariante do mês é o violonista Turibio Santos, nascido há 75 anos em São Luís do Maranhão. Fruto e contribuinte da rica tradição violonística brasileira, Turibio teve sua trajetória artística fortemente associada a Villa-Lobos, como você poderá ler na seção Fermata desta edição (página 56).

Veja ainda nesta edição da Revista CONCERTO a seção Repertório, que aborda a obra sinfônica de Mahler – em março, diversas orquestras tocarão seis sinfonias do compositor (página 20) –, as matérias da revista Gramophone, bem como o artigo do colunista Jorge Coli, que assistiu à ópera Il trovatore em um teatro da Transilvânia (página 18). E, como em todos os meses, acompanhe o Roteiro Musical ilustrado da Revista CONCERTO, com as grandes atrações clássicas de São Paulo, do Rio de Janeiro e de outras cidades do Brasil.

Leia a Revista CONCERTO e participe da temporada musical de sua cidade!