Pianista revelação, canadense Jan Lisiecki abre ano da Cultura Artística

por Redação CONCERTO 09/03/2018

A Cultura Artística abre sua temporada com uma das principais revelações do piano dos últimos tempos: o canadense de origem polonesa Jan Lisiecki. Aos 22 anos, ele tem recebido críticas que exaltam sua “madura musicalidade” desde que, aos 15 anos, ele lançou uma gravação ao vivo dos dois concertos para piano e orquestra de Chopin.


Jan Lisiecki [Divulgação]

Chopin tem lugar especial na carreira do jovem solista. Em uma entrevista, ele já afirmou que a música de Chopin é capaz de “derrubar qualquer armadura e seguir diretamente para o coração”. Não por acaso, ele acaba de lançar mais um disco dedicado ao compositor pelo selo Deutsche Grammophon, com quem tem contrato de exclusividade. O seu recital em São Paulo, no dia 13, na Sala São Paulo, traz obras como os Noturnos op. 55, o Noturno nº 1 op. 72 e o Scherzo nº 1.

Já na segunda parte, ele completa a viagem pelo piano romântico com Nachtstücke, de Schumann, e envereda em direção ao início do século XX, com Gaspard de la nuit, de Ravel, e Morceaux de fantaisie, de Rachmaninov.

[Veja mais no Roteiro Musical]