Banner 468x60
Banner 180x60
Bom dia.
Sexta-Feira, 20 de Abril de 2018.
 
E-mail:  Senha:

 

 
Nome

E-mail


 
Saiba como anunciar na Revista e no Site CONCERTO.
   


Vitrine Musical 2016 - Clique aqui e veja detalhes dos anunciantes

 

 
 
 
Cremona, a cidade dos violinos (9/9/2013)
Por Camila Frésca

Tudo em Cremona remonta ao violino. E, especialmente, ao mais famoso de todos os seus construtores, Antonio Stradivari. Por mais de um século, a cidade foi um polo internacional de onde saíam aqueles que ainda hoje são considerados os melhores violinos jamais feitos.

Stradivari não era um nome isolado e outros gigantes também desenvolveram sua arte aqui, como Niccolò Amati e sua família e os Guarneri. Na verdade todo o ambiente musical era efervescente – basta lembrar que um ano antes de Stradivari nascer, morria Claudio Monteverdi, também cidadão cremonense, em 1643.


Detalhe da vitrine de uma loja em Cremona [foto: divulgação/Lydia Abud]

No entanto, embora haja lembranças aqui e ali, nenhum dos outros nomes faz sombra ao prestígio e fama que Stradivari desfruta ainda hoje em Cremona. Ele dá nome a praça, rua, tem estátuas espalhadas pela cidade, e as casas onde morou são atrações turísticas. Lojas de roupas usam violinos nas vitrines como parte de sua decoração, e a mais tradicional casa de torrones (uma especialidade cremonense) fabrica doces no formato do instrumento.

A todas essas referências, somam-se, nos últimos dias, cartazes por toda a cidade anunciando o grande acontecimento: a inauguração do Museu do Violino Antonio Stradivari. A abertura acontece dia 14 de setembro, mas no dia 5 uma coletiva de imprensa reuniu jornalistas de toda a Europa e algumas outras partes do mundo. Trata-se de um projeto ambicioso daquele que provavelmente é o maior museu dedicado ao violino no mundo, com dezenas de instrumentos que valem alguns milhões de dólares.


Placa da praça que leva o nome de Stradivari [foto: divulgação/Lydia Abud]

Aos leitores do Site CONCERTO adianto imagens dessa adorável cidade. Tudo isso para deixá-los com água na boca para a matéria completa sobre o Museu do Violino, que estará na edição de outubro da Revista CONCERTO.


Torrones em vitrine na cidade de Cremona [foto: divulgação/Lydia Abud]





Camila Frésca - é jornalista e doutoranda em musicologia pela ECA-USP. É autora do livro "Uma extraordinária revelação de arte: Flausino Vale e o violino brasileiro" (Annablume, 2010).

Mais Textos

Oito olhos azuis e muita música Por Jorge Coli (19/4/2018)
‘Missa’ de Bernstein é destaque no Theatro Municipal de São Paulo Por Nelson Rubens Kunze (10/4/2018)
“O Corego” e os primórdios da representação operística Por Camila Frésca (6/4/2018)
Natalie Dessay: uma expressão que transcende as palavras Por Irineu Franco Perpetuo (5/4/2018)
Os Músicos de Capella fazem primorosa ‘Paixão’ de Bach Por Nelson Rubens Kunze (29/3/2018)
A música não mente Por João Marcos Coelho (27/3/2018)
Enfim, uma sede para a Ospa! Por Nelson Rubens Kunze (26/3/2018)
A Osesp, Villa-Lobos e o “voo de galinha” Por João Marcos Coelho (23/3/2018)
Jan Lisiecki: para uma temporada de austeridade, um pianista nada austero Por Irineu Franco Perpetuo (14/3/2018)
“Lo Schiavo” em Campinas: encantamento e melancolia Por Jorge Coli (12/3/2018)
Villa-Lobos, a Semana de Arte Moderna e o Brasil Por Camila Frésca (8/3/2018)
“Sexta” de Mahler coroa trabalho artístico do Instituto Baccarelli Por Nelson Rubens Kunze (5/3/2018)
Hvorostovsky e um “Rigoletto” excepcional Por Jorge Coli (26/2/2018)
10 anos de Filarmônica de Minas Gerais: muito a comemorar Por Nelson Rubens Kunze (26/2/2018)
Ópera de Dubai e Louvre Abu Dhabi: arquitetura e conceito – parte 2 Por Camila Frésca (22/1/2018)
Ópera de Dubai e Louvre Abu Dhabi: arquitetura e conceito – parte 1 Por Camila Frésca (22/1/2018)
Relativizações, realidades e transformações: um olhar sobre “A flauta mágica” do Theatro Municipal Por João Luiz Sampaio (23/12/2017)
A produção é boa, mas faltou mágica na “Flauta” do Municipal Por Nelson Rubens Kunze (23/12/2017)
O prazer de ouvir Neymar Dias – muito bachiano e muito brasileiro Por Irineu Franco Perpetuo (20/12/2017)
Uma temporada inclusiva, feita com inteligência Por João Marcos Coelho (19/12/2017)
Uma grande e despretensiosa sátira Por João Luiz Sampaio (8/12/2017)
A goleada da Argentina (e nem precisaram do Messi) Por Nelson Rubens Kunze (8/12/2017)
Museu virtual reúne milhares de instrumentos de coleções britânicas Por Camila Frésca (4/12/2017)
Karnal, a Osesp e o governador Por Nelson Rubens Kunze (24/11/2017)
Quem não trafega nas redes sociais se trumbica Por João Marcos Coelho (24/11/2017)
Budu e Hilsdorf: nasce um duo Por Irineu Franco Perpetuo (14/11/2017)
 
Ver todos os textos anteriores
 
<< voltar

 


< Mês Anterior Abril 2018 Próximo Mês >
D S T Q Q S S
1 2 3 4 5 6 7
8 9 10 11 12 13 14
15 16 17 18 19 20 21
22 23 24 25 26 27 28
29 30 1 2 3 4 5
 

 
São Paulo:

21/4/2018 - Orquestra Sinfônica do Estado de São Paulo e Coro da Osesp

Rio de Janeiro:
28/4/2018 - Orquestra Petrobras Sinfônica

Outras Cidades:
26/4/2018 - Belo Horizonte, MG - Orquestra Filarmônica de Minas Gerais
 




Clássicos Editorial Ltda. © 2018 - Todos os direitos reservados.

Rua João Álvares Soares, 1404
CEP 04609-003 – São Paulo, SP
Tel. (11) 3539-0045 – Fax (11) 3539-0046