Jennifer Stumm toca como solista da Sinfônica da USP

por Redação CONCERTO 07/11/2018

Nos anos 1930, o compositor Bela Bartók resolveu orquestrar uma série de curtas peças para piano escritas por ele vinte anos antes. Nasciam assim os Esboços húngaros, que abrem o concerto que a Orquestra Sinfônica da Universidade de São Paulo apresenta neste sábado, dia 10, na Sala São Paulo, sob regência do maestro suíço Johannes Schlaefli. No dia anterior, há um ensaio aberto às 12h30 no Centro de Difusão Internacional da USP.

O programa segue com a participação da violista americana Jennifer Stumm, idealizadora do Festival Ilumina, realizado anualmente no interior de São Paulo. Ela vai interpretar a orquestração feita por Luciano Berio da Sonata para clarinete op. 120 nº 1, de Brahms, que prevê a possibilidade da viola como instrumento solista. Schlaeffi rege ainda a abertura A princesa distante, de Tcherepnin, e a Suíte Pássaro de Fogo, de Stravinsky, em sua versão de 1910.

Stumm também se apresenta dia 11 em duo com o pianista Lucas Gonçalves na série da Fundação Maria Luisa e Oscar Americano.

Clique aqui e veja os detalhes no Roteiro do Site CONCERTO.

Jennifer Stumm [Divulgação]
Jennifer Stumm [Divulgação]