Músicos protestam na rua contra cortes na cultura

por Redação CONCERTO 04/04/2019

Violinos, percussão, metais e até um acordeon: um grupo de músicos interrompeu na tarde de hoje duas pistas da Avenida Paulista e da Avenida Brigadeiro Luís Antônio para protestar contra o contingenciamento no orçamento para a cultura no estado de São Paulo, que será reduzido em 23% em 2019, num total de R$ 148 milhões.

Os artistas pertencem a instituições como a Escola de Música do Estado de São Paulo e a Orquestra do Theatro São Pedro. Pronunciando lemas como “Cultura é educação”, eles seguem em passeata para a Assembleia Legislativa, onde será realizada na noite desta quinta-feira uma reunião sobre o tema convocada pelo deputado Carlos Giannazzi.

O contingenciamento de verbas deve atingir projetos como a Osesp, a Escola de Música do Estado de São Paulo, a Pinacoteca do Estado, o Museu da Casa Brasileira e o Conservatório de Tatuí, entre outros. Apesar de ter revertido a redução orçamentária do Projeto Guri na segunda-feira, o governador João Doria indicou que deve manter o contingenciamento nos demais 25 projetos culturais geridos por OSs.

[Divulgação]
[Divulgação]