Banner 468x60
Banner 180x60
Boa noite.
Sábado, 29 de Abril de 2017.
 
E-mail:  Senha:

 

 
Nome

E-mail


 
Saiba como anunciar na Revista e no Site CONCERTO.
   


 

Vitrine Musical 2016 - Clique aqui e veja detalhes dos anunciantes


 
 
 
Jovens músicos e bailarinos mostram seu talento no Theatro Municipal de São Paulo (12/11/2014)
Por Camila Frésca

No último final de semana, um espetáculo no Theatro Municipal marcou os 45 anos de criação da Escola Municipal de Música de São Paulo. Fundada por Olivier Toni, a instituição tem uma importância fundamental na vida musical da cidade e por ela já passaram nomes como Roberto Minczuk, Alex Klein, Cláudio Cruz e Nicolau de Figueiredo.

Ao longo de sua existência, ela ocupou diversos espaços da cidade – alguns bastante precários – até ganhar sua sede, na Praça das Artes, em 2012. Com dezenas de cursos de instrumentos que duram entre quatro e doze anos, a Escola Municipal também oferece aulas de harmonia, contraponto, história da música etc., e mantém grupos para a prática de seus alunos: a Orquestra Jovem Municipal, conjuntos de percussão e música antiga, coros infantil e adulto e uma big band.

Uma parte expressiva desses grupos apresentou-se nos dias 8 e 9 de novembro, e um dado a mais colaborou para enriquecer o espetáculo: a interação entre os alunos da Escola de Música e os da Escola de Dança. Ambas as instituições são administradas pela Fundação Theatro Municipal de São Paulo e, se a Escola de Música comemora seus 45 anos, a de dança se prepara para celebrar, em 2015, nada menos do que 85!


Jovens bailarinos participaram da comemoração de 45 anos da Escola Municipal de Música [foto: divulgação]

Fundada em 1940 como Escola Municipal de Bailado sob a direção de Vaslav Veltchek, a Escola de Dança é uma das pouquíssimas instituições a oferecer formação gratuita em dança na cidade. A qualidade dessa formação ficou evidente nas apresentações dos jovens bailarinos, que surpreenderam àqueles que esperavam acompanhar apenas os estudantes de música: foram apresentadas coreografias com música interpretada ao vivo pelos conjuntos.

A boa notícia é que essa interação entre os diversos grupos de formação do Theatro Municipal tende a se intensificar graças à criação, neste ano, da Diretoria de Formação do TMSP, capitaneada pelo compositor Leonardo Martinelli. Ainda este mês, nos dias 26 e 27, acontecem outras apresentações dos alunos da Escola de Dança na Praça das Artes.

Já para os que sonham estudar música, a dica são as inscrições abertas a novos alunos para os cursos de 2015 da Escola Municipal de Música. Entre os dias 10 e 17, é possível se inscrever para vagas de canto, piano, cravo, violão, flauta, violino, viola, violoncelo, contrabaixo, oboé, clarinete, sax, fagote, trompete, trompa, trombone, eufônio, tuba, harpa e percussão. As instruções para inscrição encontram-se no site do teatro.

Clássicos Editorial Ltda. © 2014 - Todos os direitos reservados.
A reprodução de todo e qualquer conteúdo requer autorização, exceto trechos com link para a respectiva página.





Camila Frésca - é jornalista e doutoranda em musicologia pela ECA-USP. É autora do livro "Uma extraordinária revelação de arte: Flausino Vale e o violino brasileiro" (Annablume, 2010).

Mais Textos

E Cristian Budu, finalmente, tocou com a Osesp! Por Irineu Franco Perpetuo (21/4/2017)
Olivier Toni Por João Marcos Coelho (20/4/2017)
“Uirapuru”, de Villa-Lobos: algumas considerações no centenário da obra Por Camila Frésca (12/4/2017)
Nasce uma estrela Por Jorge Coli (11/4/2017)
A festa do Concurso Maria Callas: competência e amor à música Por Jorge Coli (4/4/2017)
Theatro Municipal do Rio de Janeiro apresenta “Jenufa”, de Janácek Por Nelson Rubens Kunze (4/4/2017)
“Risco” é vibrante imagem artística da cidade de São Paulo Por Jorge Coli (29/3/2017)
Quanto custa uma orquestra sinfônica? Por Nelson Rubens Kunze (28/3/2017)
De palmeiras e pinheirinhos nórdicos Por João Marcos Coelho (24/3/2017)
Opes abre temporada clássica no Theatro Municipal do Rio de Janeiro Por Nelson Rubens Kunze (23/3/2017)
Sombra de sombra – a estreia da ópera “O espelho” Por João Luiz Sampaio (22/3/2017)
Helder Parente, talento infinito Por Rosana Lanzelotte (21/3/2017)
Trio Villani-Côrtes faz uma ótima estreia com “Três tons brasileiros” Por Camila Frésca (14/3/2017)
O valor da música (e a responsabilidade do Estado) Por Nelson Rubens Kunze (5/3/2017)
Um Brasil diferente ainda é possível Por João Marcos Coelho (22/2/2017)
Em clima de festa, Theatro Municipal de São Paulo abre ano com bom concerto Por Nelson Rubens Kunze (22/2/2017)
Sígrido Levental e o Conservatório do Brooklin (lembranças pessoais) Por Nelson Rubens Kunze (3/2/2017)
Sarau e livro recuperam a obra do violinista catarinense Adolpho Mello Por Camila Frésca (23/1/2017)
Nação civilizada (ou seria incivilizada?) Por Nelson Rubens Kunze (18/1/2017)
Diário de viagem Por Jorge Coli (16/1/2017)
Para conhecer Claudio Santoro Por Irineu Franco Perpetuo (23/12/2016)
Feliz Ano Novo? Por Nelson Rubens Kunze (23/12/2016)
Fim da Oficina de Curitiba: populismo da pior espécie Por João Marcos Coelho (20/12/2016)
Um retrato do Painel Funarte de Ensino Coletivo Por Camila Frésca (19/12/2016)
Aleyson Scopel faz ótima apresentação no Rio de Janeiro Por Nelson Rubens Kunze (16/12/2016)
Em Porto Alegre, uma “Carmina Burana” para lembrar Por Everton Cardoso (15/12/2016)
 
Ver todos os textos anteriores
 
<< voltar

 


< Mês Anterior Abril 2017 Próximo Mês >
D S T Q Q S S
26 27 28 29 30 31 1
2 3 4 5 6 7 8
9 10 11 12 13 14 15
16 17 18 19 20 21 22
23 24 25 26 27 28 29
30 1 2 3 4 5 6
 

 
São Paulo:

30/4/2017 - II SPHarpFestival

Rio de Janeiro:
29/4/2017 - Roberto de Regina - cravo

Outras Cidades:
29/4/2017 - Belo Horizonte, MG - Ópera Norma, de Bellini
 




Clássicos Editorial Ltda. © 2017 - Todos os direitos reservados.

Rua João Álvares Soares, 1404
CEP 04609-003 – São Paulo, SP
Tel. (11) 3539-0045 – Fax (11) 3539-0046