Editorial

por Nelson Rubens Kunze 01/11/2018

Prezado leitor,

Turandot, de Puccini, no Theatro Municipal de São Paulo, e Sonho de uma noite de verão, de Britten, no Theatro São Pedro, encerram em novembro a temporada lírica paulistana. Na matéria de capa desta edição da Revista CONCERTO, o editor executivo João Luiz Sampaio faz rica análise sobre a gênese e a importância desses títulos e escreve também sobre as produções do Festival de Ópera do Paraná e do Festival de Música do Espírito Santo, bem como sobre as apresentações concertantes de Cavalleria rusticana, de Mascagni, e Colombo, de Carlos Gomes, no Theatro Municipal do Rio de Janeiro. 

O entrevistado do mês é o violinista e maestro Luis Otavio Santos, que, como escreve o jornalista Irineu Franco Perpetuo, é “um dos principais paradigmas de excelência da chamada ‘música antiga’ no Brasil”. Luis Otavio, formado na Holanda, comandou durante 25 anos o Festival Internacional de Música Colonial Brasileira e Música Antiga de Juiz de Fora e é hoje um dos professores do Núcleo de Música Antiga da Emesp. Haverá duas ótimas oportunidades para comprovar a qualidade de seu trabalho: neste mês, sob sua direção, o Coral Jovem do Estado e a Orquestra Barroca da Emesp apresentam Ode a Santa Cecilia, de Purcell, em dois concertos; e, em dezembro, seu conjunto Os Músicos de Capella interpreta três partes do Oratório de Natal, de Bach, em promoção da Cultura Artística.

Acontece neste mês a terceira edição do Festival Sesc de Música de Câmara. Com curadoria artística de Claudia Toni, excelentes grupos brasileiros e estrangeiros farão 34 concertos em unidades do Sesc da capital e em outras cidades do estado, estimulando diálogos e promovendo novos repertórios.

Na seção Fermata, a jornalista Camila Frésca traça um perfil do jovem e talentoso maestro William Coelho, que é o novo preparador do Coro da Osesp, com o qual fará duas apresentações neste mês. Outra atração, esta em Belo Horizonte, é a percussionista deficiente auditiva Evelyn Glennie – uma das mais destacadas instrumentistas da atualidade –, que fará concertos com a Filarmônica de Minas Gerais.

A São Paulo Companhia de Dança é o destaque da seção Palco. Um dos mais importantes balés do país, a SPCD apresenta neste mês uma temporada de O lago dos cisnes, no Teatro Sérgio Cardoso, encerrando as comemorações de seus 10 anos de atividades. 

Na seção Gramophone, com conteúdo da prestigiosa revista inglesa, publicamos uma matéria sobre o compositor e pianista norte-americano Frederic Rzewski. E na Editor’s Choice, apresentamos os principais lançamentos do mercado fonográfico internacional. 

Leia também nesta edição os artigos de nossos colunistas João Marcos Coelho, Jorge Coli e Júlio Medaglia, bem como as informações sobre os lançamentos de CDs, DVDs e livros.

Após a divulgação em outubro da nova temporada da Osesp, apresentamos nesta edição as programações planejadas para 2019 da Cultura Artística, do Mozarteum Brasileiro, da Tucca e da Filarmônica de Minas Gerais. Nada melhor que a arte e a cultura para vencermos os grandes desafios políticos e econômicos que o país enfrenta.

Leia a Revista CONCERTO e desfrute da temporada de sua cidade!