Dell’Arte promove série com oito atrações

por Redação CONCERTO 01/01/2019

Programação une músicos como John Eliot Gardiner a revelações como Cristian Budu e Veronika Eberle

A tradicional série de concertos Dell’Arte/ O Globo terá oito grandes atrações em sua temporada 2019. As apresentações acontecem no Theatro Municipal do Rio de Janeiro e a programação começa no dia 21 de março, com um duo formado pelo violoncelista Antonio Meneses e o pianista Cristian Budu.

Meneses é um dos mais importantes violoncelistas da atualidade e Budu tem se estabelecido como grande nome da nova geração do piano internacional. Juntos, vão interpretar Bach e Villa-Lobos, em homenagem aos 60 anos de morte do brasileiro.

O pianista russo Pavel Nersessian é a atração seguinte, em recital no dia 27 de abril. E, no dia 9 de maio, sobe ao palco a primeira orquestra do ano: a Orquestra Sinfônica de Beijing. O grupo foi criado em 1977 e será comandado pelo maestro Li Biao, tendo o violinista Sergey Dogadin como solista. 

Em junho, apresenta-se a Orquestra Filarmônica Jovem de Boston. O projeto está intimamente associado a seu criador, o maestro e pedagogo Benjamin Zander. E é ele que comanda a orquestra em sua apresentação no dia 17. O francês Alexandre Tharaud vem em seguida. Aluno de Leon Fleisher e Nikita Magaloff ele possui um repertório amplo, que vai do barroco aos contemporâneos.

O segundo semestre começa, no dia 19 de agosto, com o bandolinista Avi Avital, músico que tem despertado interesse cada vez maior para o instrumento, com pontes interessantes entre o repertório popular e o erudito. No Rio de Janeiro, ele vai interpretar, ao lado da orquestra L’Arte del Mondo, obras de Bach, Vivaldi e Bartók arranjadas por ele para o bandolim, além de peças escritas para o instrumento por  Mendelssohn, Paisiello e De Falla.

Um dos mais experientes regentes do momento, Kent Nagano rege, no dia 3 de outubro, a Orquestra Sinfônica de Montreal, da qual é diretor desde 2006, quando substituiu Charles Dutoit. A apresentação terá como solista a violinista Veronika Eberle que, aos 30 anos, está em carreira ascendente.

Encerra o ano o maestro John Eliot Gardiner. Seu trabalho com os English Baroque Soloists e o Monteverdi Choir ajudaram a redefinir nossa percepção da música antiga – e é com esses grupos que o maestro se apresenta no dia 7 de novembro. No programa, obras de Monteverdi, Scarlatti, Purcell e Carissimi. 

[Clique aqui para a programação completa e para informações sobre assinaturas]


Assinaturas
Novas assinaturas
: de 7 de janeiro a 21 de fevereiro
Ingressos avulsos: a partir de 21 de fevereiro 
Informações: tel. (21) 4002-0019

Veronika Eberle [Divulgação / Felix Broede]
Veronika Eberle [Divulgação / Felix Broede]