Paulo Szot abre residência artística na Osesp

por Redação CONCERTO 25/06/2019

“O temperamento russo guarda uma semelhança incrível conosco, e a música russa esteve presente em momentos-chave de minha carreira”, diz o barítono Paulo Szot em entrevista à Revista CONCERTO de junho – e assim explica o programa com que ele abre, esta semana, sua residência artística com a Osesp.

Foi com Eugene Onegin, por exemplo, que ele estreou na França. No Metropolitan de Nova York, seu primeiro papel protagonista foi em O nariz, de Shostakovich; no Scala de Milão, em A dog’s heart, de Alexander Raskatov.

Com a Osesp, ele vai interpretar na quinta e na sexta-feira, dias 27 e 28, na Sala São Paulo, e no sábado, dia 29, em Campos do Jordão, abrindo o Festival Internacional de Inverno, árias de Tchaikovsky. A regência é de Marin Alsop, que comanda também a Sinfonia nº 4 do compositor e excertos musicais de óperas de Glinka e Borodin.

Clique aqui e veja mais detalhes no Roteiro do Site CONCERTO

Leia mais
Revista CONCERTO
: Paulo Szot: estrela em residência, por Luciana Medeiros
Notícias: Prepare-se: os destaques da semana
Notícias: Alexandre Tharaud toca Beethoven e franceses na Sala São Paulo
Opinião: Elina Garanca: refinamento e intensidade, por Irineu Franco Perpetuo
Acervo CONCERTO: A vida de Tchaikovsky

Paulo Szot [Divulgação / Laura Marie Duncan]
Paulo Szot [Divulgação / Laura Marie Duncan]