Editorial

por Nelson Rubens Kunze 01/09/2018

Prezado leitor,

Você tem em mãos a edição 253 da Revista CONCERTO, o guia da música clássica no Brasil. Com este número, a Revista CONCERTO completa 23 anos de circulação ininterrupta, fato inédito para publicações culturais. Essa conquista deve-se ao apoio e à participação de toda a comunidade musical, de nossos anunciantes e das entidades promotoras, além de nossa destacada equipe de jornalistas e colaboradores – que, modestamente e com muito orgulho, reputo entre os melhores do país –, a quem agradecemos. Agradecemos também especialmente a você, nosso fiel leitor, que nos acompanha a tantos anos. Estamos muito contentes em contribuir para a divulgação da agenda clássica e em oferecer informação de qualidade a dezenas de milhares de pessoas. Leia a Revista CONCERTO e desfrute da programação clássica de sua cidade.

A matéria de capa desta edição, escrita pelo jornalista Irineu Franco Perpetuo, apresenta o decano da criação nacional, o compositor Edino Krieger. Catarinense de Brusque, mas radicado há décadas no Rio de Janeiro, Edino percorreu uma brilhante trajetória artística – e foi destacado gestor de importantes instituições culturais. Neste mês, programações em diversas cidades do país festejam, com a participação do violoncelista Antonio Meneses, os 90 anos do compositor (página 24).

O entrevistado do mês é o compositor Harry Crowl, que completa 60 anos em setembro. Nascido em Minas Gerais, com estudos também nos Estados Unidos, o artista desenvolveu uma linguagem pessoal que dialoga com outras artes e com a nossa realidade atual. Além de criterioso compositor, Harry Crowl tem importante trabalho na área da musicologia brasileira, como você poderá ler na entrevista conduzida pelo editor executivo João Luiz Sampaio (página 14).

A Orquestra Juvenil da Bahia, grupo de ponta do Neojiba – projeto orquestral desenvolvido na Bahia e inspirado no venezuelano El Sistema – realizará neste mês sua sétima turnê internacional. Sob direção do fundador Ricardo Castro, que também atuará como solista, a orquestra se apresentará em salas como a Philharmonie de Paris e terá como solista a pianista Martha Argerich. Convidamos o maestro Ricardo Castro para escrever um texto, no qual ele analisa a situação da música clássica no contexto social brasileiro e aponta os desafios para a construção de um projeto como o do Neojiba (página 23).

A seção Gramophone desta edição, com conteúdo exclusivo da prestigiosa revista inglesa, traz um texto sobre a compositora inglesa Roxanna Panufnik (página 20) e apresenta, como todos os meses, os principais lançamentos de CDs e DVDs do mercado internacional (página 58). 

Não deixe de conferir, ainda, as seções Fermata (que apresenta o ótimo trabalho do pianista Hercules Gomes), Acontece (entrevista com o maestro Jonathan Nott, que estará no Brasil em setembro para concertos com a Filarmônica Jovem Alemã), Brasil Musical (sobre o novo Festival Pianíssimo dirigido pelo pianista Miguel Proença em Joinville) e Palco (conversa com a soprano Adriane Queiroz, que se apresenta no Festival de Ópera do Theatro da Paz, em Belém). E acompanhe os textos de nossos colunistas João Marcos Coelho (sobre Philippe Manoury e Emmanuel Pahud, visitantes da Osesp), Jorge Coli (sobre Daniel Barenboim) e Júlio Medaglia (que aproveita um lançamento do selo GuitarCoop para nos lembrar da extraordinária artista Olga Praguer Coelho). 

Consulte o Roteiro Musical ilustrado da Revista CONCERTO e participe da temporada musical. Desejamos a todos um ótimo mês musical!