Sinfônica Municipal toca ‘Réquiem’ de Lloyd Webber e estreia obras de Elodie Bouny

por Redação CONCERTO 23/05/2019

Após apresentar, no início do mês, o Réquiem de Verdi, a Orquestra Sinfônica Municipal interpreta esta semana o Réquiem do compositor britânico Andrew Lloyd Weber. A peça foi escrita em 1985, em memória do pai do autor, que falecera em 1982. 

Conhecido por seus musicais, como O fantasma da ópera, Lloyd Webber mistura estilos na obra, que tem como passagem mais conhecida, a ária Pie Jesu. Roberto Minczuk, regente titular da Sinfônica Municipal, comanda o espetáculo, com participação do Coro Lírico, do Coro Infantojuvenil, das sopranos Mariana Neves e Marly Montoni e do tenor Rubens Medina. 

O programa tem ainda a Pavana para uma princesa morta, de Ravel, e o Magnificat-Aleluia, de Villa-Lobos (que será regido pela maestrina Erika Hindrikson, titular da Orquestra Sinfônica Jovem Municipal). Nos concertos, que acontecem nos dias 24 e 25, a Sinfônica Municipal também faz a estreia de Meia lágrima, encomendada à compositora Elodie Bouny.

Prepare-se: no dia 31, a Sinfônica Municipal e Minczuk iniciam o ciclo completo das sinfonias de Beethoven. E quem quiser um aperitivo tem uma oportunidade neste domingo, dia 26, quando o grupo toca a Sinfonia nº 5, dentro da série Concertos Informais. 

Clique aqui e veja mais detalhes no Roteiro do Site CONCERTO

Leia mais
Kirill Gerstein toca com Osesp e faz recital na Sala São Paulo
Partitura original das ‘Bachianas brasileiras nº 5’, de Villa-Lobos, é encontrada no Rio
Acervo CONCERTO: A vida de Heitor Villa-Lobos

Elodie Bouny [Divulgação]
Elodie Bouny [Divulgação]