Soprano Manuela Freua lança CD “A Canção e o violino” com violinista Emmanuele Baldini

por Redação CONCERTO 13/09/2018

A trajetória da soprano Manuela Freua tem sido marcada pela busca de novos repertórios, com especial atenção à criação contemporânea. E um de seus parceiros neste processo tem sido o violinista Emmanuele Baldini. Juntos, eles lançam no sábado, dia 15, na série Encontros Clássicos, na Sala São Paulo, o álbum A Canção e o violino, em que interpretam peças de Villa-Lobos, Rebecca Clarke, Vaughan Williams e Gustav Holst, além de realizar a estreia de uma obra encomendada ao compositor Leonardo Martinelli: Roteiro do silêncio, inspirado em Hilda Hilst. Sobre o disco, Manuela Freua conversou com a Revista CONCERTO.

Manuela Freua [Divulgação / Hermanas Vasconcelas]
Manuela Freua [Divulgação / Hermanas Vasconcelas]

Como nasceu a ideia do disco?

O disco foi uma consequência natural depois de nos conhecermos interpretando obras de Arnold Schönberg na Sala São Paulo há alguns anos. Em seguida, fomos chamados para interpretar o Kafka-Fragmente, de Kurtág, para violino e voz, e ficamos de pesquisar mais repertório assim para tocarmos juntos (Baldini já conhecia a Suíte de Villa-Lobos). Em seguida, eu fui chamada para repetir o Kurtág com o violinista Benjamin Sung, em Recife, e incluir outras peças no programa. Assim, pesquisando, fiquei conhecendo também as peças de Clarke e de Vaughan-Williams. Repeti este programa com a violinista Amanda Martins, no Theatro Municipal de São Paulo, em 2017. Mostrei ao Baldini e começamos a ler as peças juntos, e a ideia do CD nasceu. Eu nunca havia gravado e este repertório me pareceu interessante para um primeiro disco. E convidamos o Leonardo Martinelli para escrever uma peça original para o disco, que fosse feita sob medida para minha voz e o violino de Baldini.

Como você define a combinação entre violino e a voz da soprano?

São duas vozes parecidas de tessitura, então a gente sempre fala que é um diálogo, e não simplesmente uma voz sendo acompanhada. É um diálogo entre vozes parecidas, mas às vezes opostas, como se fosse uma conversa entre duas pessoas diferentes, mas também entre os dois lados de uma mesma pessoa. No disco, fazemos um trabalho de timbre, estamos sempre timbrados um com a sonoridade do outro, ou às vezes propositalmente de forma contrastante. Gosto demais dessas formações pouco usuais de duo, pois conseguimos explorar sonoridades diferentes de quando há um piano, por exemplo.

Como será o recital de lançamento?

Faremos dois ciclos, o do Villa-Lobos e o de Holst, muito contrastantes entre si. E também apresentaremos Roteiro do silêncio, de Leonardo Martinelli e Hilda Hilst, com o comentário do próprio compositor, que estará presente no evento.

O lançamento do CD A Canção e o violino acontece no sábado, dia 15 de setembro, às 11h na série Encontros Clássicos, na Sala São Paulo.

Clique aqui para ver os detalhes e acessar o link de ingressos.

Clique aqui para comprar o CD A Canção e o violino.

Emmanuele Baldini [Divulgação / Fernando Ruz]
Emmanuele Baldini [Divulgação / Fernando Ruz]