Theatro Municipal de São Paulo apresenta ‘Ressurreição’ de Mahler

por Redação CONCERTO 16/04/2019

Depois de participar da temporada do balé A sagração da primavera, a Orquestra Sinfônica Municipal volta ao palco do Theatro Municipal de São Paulo nos dias 19 e 20 com outra obra monumental: a Sinfonia nº 2 – Ressurreição, de Gustav Mahler. 

Escrita para orquestra, coro e solistas, a obra mostra o compositor às voltas com a reinvenção do gênero sinfônico e tratando de temas como vida, morte e humanidade, que serão centrais em sua produção posterior. A regência é de Roberto Minczuk, regente titular da orquestra, e a solistas serão a soprano Rosana Lamosa e a mezzo Ana Lucia Benedetti. Participam ainda o Coral Lírico Municipal e o Coro Paulistano.

O último compromisso da Sinfônica Municipal no mês de abril será nos dias 26 e 27, quando o grupo será comandado pelo maestro britânico James Judd, diretor da Orquestra Filarmônica Eslovaca. 

O repertório presta uma dupla homenagem, pelo centenário de Claudio Santoro e pelos 150 anos de morte de Hector Berlioz. Do brasileiro, a orquestra toca o Frevo; do francês, a Sinfonia fantástica. E, entre elas, uma peça importante do repertório nacional para o piano, o Momoprecoce, de Villa-Lobos, com solos de Pablo Rossi. Na obra de Berlioz, a atriz Tuna Duek participa como narradora.

Clique aqui e veja os detalhes no Roteiro do Site CONCERTO

Leia mais
Acervo CONCERTO: A vida de Gustav Mahler
Crítica: Theatro São Pedro/Benedetti/Ligia Amadio, por João Luiz Sampaio

Orquestra Sinfônica Municipal [Divulgação / Camila Cara]
Orquestra Sinfônica Municipal sob direção de Roberto Minczuk [Divulgação / Camila Cara]