Exposição transforma em imagens regência de Marin Alsop

por Redação CONCERTO 02/05/2019

Em uma série de concertos na Sala São Paulo, a maestrina Marin Alsop utilizou uma batuta diferente, equipada com um chip que captava seus movimentos durante a regência de uma série de importantes obras. Esses movimentos foram mapeados e o resultado foi transformado em quadros que estão expostos no hall da Sala São Paulo.

“Além de transformar a música em objetos de arte, o projeto Música para os Olhos também explora as novas possibilidades de manifestações artísticas viabilizadas pela tecnologia. Via bluetooth, um giroscópio e um acelerômetro instalados na ponta da batuta se comunicam com um software criado especialmente para o projeto, que faz a captação dos movimentos. A inteligência de dados do software faz a decodificação completa de diferentes tipos de gestos, dos mais leves aos vibrantes e enérgicos, transformando-os em quadros”, diz a apresentação do projeto.

Para Alsop, “o papel do maestro é ser o mensageiro do compositor e trazer aquela narrativa para a orquestra e, por meio dos músicos, para a plateia. A ideia aqui é capturar a energia de uma performance e materializá-la em quadros para que as pessoas possam absorvê-la de uma forma diferente”.

Os quadros referem-se às interpretações de peças de autores como Debussy, Mozart, Tchaikovsky, Strauss, Stravinsky e Beethoven, entre outros. Na exposição, é possível ver as imagens e ouvir trechos de gravações das apresentações.

Em tempo: a Osesp segue esta semana com o ciclo completo das sinfonias de Schumann retocadas por Gustav Mahler. Veja mais detalhes no Roteiro do Site CONCERTO.

Veja abaixo algumas imagens da exposição: 

Vista geral da exposição ‘Música para os olhos’ [Divulgação]
Vista geral da exposição ‘Música para os olhos’ [Divulgação]
Imagem criada a partir do primeiro movimento da ‘Sinfonia nº 5’ de Beethoven [Divulgação]
Imagem criada a partir do primeiro movimento da ‘Sinfonia nº 5’ de Beethoven [Divulgação]
Imagem criada a partir da obra ‘Uma vida de heroi’, de Strauss [Divulgação]
Imagem criada a partir da obra ‘Uma vida de heroi’, de Strauss [Divulgação]

Leia mais
Schumann segundo Mahler, por João Marcos Coelho
Balanço e futuro: uma conversa com Marin Alsop, por Camila Fresca
Enrique Arturo Diemecke rege ‘Réquiem’ de Verdi no Theatro Municipal de São Paulo