Partitura original das ‘Bachianas brasileiras nº 5’, de Villa-Lobos, é encontrada no Rio de Janeiro

por Redação CONCERTO 21/05/2019

A partitura original da ária das Bachianas brasileiras nº 5 de Villa-Lobos, que levou a acusação contra Heitor Villa-Lobos no que diz respeito ao texto da obra, foi descoberta por pesquisadores no Rio de Janeiro.

A revelação foi feita hoje em texto da jornalista Luciana Medeiros publicado no jornal Folha de S. Paulo. A partitura que se conhece tem letra de Ruth Valladares Corrêa. Mas a partitura original recém-descoberta pelo pesquisador André Cardoso traz letra de Altamirando de Souza.

Nos anos 1930, Souza acusou Villa-Lobos de utilizar seu poema sem autorização após ver que seu nome não constava da gravação da obra. O próprio Villa-Lobos reconheceria o uso. “Me utilizei dos versos de poetas como Alvaro Moreyra, Manuel Bandeira, sem jamais lhes pagar direitos autorais. Sentem-se até muito satisfeitos. Minha música não é samba, é expressão artística, elevação espiritual. Seria absurdo ter que pagar pela inspiração”, disse. 

O caso foi parar na justiça, mas Villa-Lobos acabou substituindo a letra. Em entrevista à Folha, a diretora do Museu Villa-Lobos, Claudia Castro, definiu o achado como uma “pepita de ouro”.   

Cardoso, vice-presidente da Academia Brasileira de Música, encontrou a partitura original no acervo do compositor José Siqueira, que está sendo organizado pela ABM em parceria com a Escola de Música da Universidade Federal do Rio de Janeiro.

Leia mais
Acervo CONCERTO: As ‘Bachianas brasileiras’ de Villa-Lobos
Acervo CONCERTO: A vida de Heitor Villa-Lobos
Theatro Municipal do Rio de Janeiro: a morte da excelência, por Luciana Medeiros

Partitura original das ‘Bachianas brasileiras nº 5’, de Villa-Lobos, com poema de Altamirando de Souza [Reprodução]
Partitura original das ‘Bachianas brasileiras nº 5’, de Villa-Lobos, com poema de Altamirando de Souza [Reprodução]