Integral de Villa-Lobos, da Osesp, vence Grande Prêmio CONCERTO 2018

por Redação CONCERTO 28/12/2018

A gravação da integral das sinfonias de Villa-Lobos, com a respectiva edição de todas as partituras, realizada pela Osesp em 6 CDs lançados pelo Selo Naxos, conquistou o Grande Prêmio CONCERTO 2018. Concebido pelo diretor artístico Arthur Nestrovski, o projeto foi realizado pela Osesp sob direção do maestro Isaac Karabtchevsky.

Escolhidos por um júri formado pelos críticos Camila Frésca, Irineu Franco Perpetuo, João Luiz Sampaio, João Marcos Coelho, Nelson Rubens Kunze e Sidney Molina, os vencedores do Prêmio CONCERTO 2018 são apresentados na edição especial bimestral janeiro-fevereiro da Revista CONCERTO (clique aqui para assinar ou adquira nas principais bancas do país).

[Divulgação / Isabela Guasco]
[Divulgação / Isabela Guasco]

O Prêmio CONCERTO Lauro Machado Coelho de Ópera foi para a produção do Theatro São Pedro (São Paulo) de Sonho de uma noite de verão, de Britten, que teve direção musical de Cláudio Cruz e direção cênica de Jorge Takla.

Na categoria Música orquestral, o júri de críticos premiou a Missa, de Leonard Bernstein, realizada pela Orquestra Sinfônica do Theatro Municipal de São Paulo, coros e solistas, sob direção de Roberto Minczuk. Na categoria Música de câmara / Recital / Coral venceu a apresentação da Paixão segundo São João, de Bach, promovida pela Cultura Artística com os Músicos de capella e solistas sob direção de Luis Otavio Santos.

O prodigioso violinista Guido Sant’Anna, de apenas 13 anos, ganhou o prêmio da crítica na categoria Jovem Talento. Já o CD com o terceiro e último volume da integral das Cartas Celestes de Almeida Prado, realizado pelo pianista Aleyson Scopel para o selo Grand Piano, conquistou o Prêmio CONCERTO na categoria CD / DVD / Livro.

[Clique aqui para ler a matéria da Revista CONCERTO.]

A edição de janeiro-fevereiro da Revista CONCERTO também apresenta os vencedores da votação do público, realizada no Site CONCERTO via Facebook. [Conheça os escolhidos aqui.]

 

ERRATA: Por uma falha de nossa redação, parte da versão impressa da Revista CONCERTO não atribui corretamente o vencedor da votação do público para o Prêmio CONCERTO Lauro Machado Coelho de Ópera. O vencedor, como noticiado no Site CONCERTO e amplamente compartilhado em redes sociais, é a ópera La traviata, de Verdi, encenada pelo Palácio das Artes de Belo Horizonte e pelo Theatro Municipal de São Paulo, que teve direção musical e regência de Silvio Viegas (MG) e de Roberto Minczuk (SP) e direção cênica de Jorge Takla.